Eu nunca imaginei que precisaria escrever sobre algo como "a verdade sobre o 5G", mas se não bastasse a pandemia do coronavírus, estamos também tendo que passar, em algumas cidades, por pessoas vandalizando torres de 5G.

Sim, existem pessoas que estão correlacionando a tecnologia 5G com o coronavírus. Existem as teorias mais malucas associadas com isso. Eu só posso imaginar que fazem parte destes atos as mesmas pessoas que pensam que a terra é plana.

Este é um tipo de correlação que eu costumo chamar de correlação Nicholas Cage. Pra quem não conhece essa história, existe um site chamado Spurious Correlations que, como o nome diz, faz correlações absurdas. Uma dessas correlações bem famosas é a correlação entre afogamentos e filmes do Nicholas Cage.

Correlação Nicholas Cage
Fonte: http://www.tylervigen.com/spurious-correlations

A correlação mostra que quanto mais o Nicholas Cage aparece em filmes, mais morrem pessoas afogadas em piscinas. Qualquer pessoa sã vai entender que esta é uma correlação que não faz o menor sentido, pois apesar de estatisticamente o valor de correlação ser alto, logicamente e socialmente isto não procede.

A correlação da tecnologia 5G com o coronavírus segue a mesma lógica, portanto a trato como uma correlação Nicholas Cage.

Nunca foi tão claro, ao menos para mim, que precisamos cada vez mais de ciência em nossas vidas. Não estou falando da ciência de pesquisa, do método científico nem nada complicado, me refiro unicamente ao acesso à ciência, de forma simples clara e didática.

Portanto, aproveito este espaço para explicarmos da maneira mais prática possível no que se baseia a tecnologia 5G e suas aplicações imediatas.

Por que precisamos do 5G?

Start With Why - Simon Sinek
Fonte: Edwin Jaulani @Pexels

Seguindo recomendações do Simon Sinek, vamos começar pelo por que.

O tráfego de dados vem subindo ano a ano, principalmente com a tecnologia de streaming, tão comum nos dias de hoje, através das plataformas Youtube e Netflix, entre outras. Este tipo de tráfego requer mais banda, porém menos confiabilidade, pois a perda de pacotes tem impacto relativamente pequeno à qualidade do vídeo ou áudio.

Quando falamos, porém, da Internet das Coisas (IoT), termo utilizado para descrever a conexão à internet da sua geladeira inteligente, seu robô aspirador de pó, os sensores de clima instalados pela cidade, ou seja, todas as coisas, precisamos de um outro tipo de conectividade. Para o IoT não necessitamos de banda, mas sim de baixa latência, economia de energia e confiabilidade de conexão.

Os dois casos de uso acima se referem unicamente à tecnologia aplicada, além disso o 5G pode ainda melhorar os custos das operadoras de telefonia móvel. Com usuários cada vez mais habituados à pagar um preço fixo independente do quanto consumir, a redução de custos é um caso de negócios muito importante para todas as operadoras.

Falando de futurologia, ainda sobre o 5G, podemos ter casos de uso completamente novos, como por exemplo utilização de redes móveis com a finalidade de automação industrial.

Precisamos do 5G para continuarmos evoluindo nosso mundo.

Especificações

Sempre que falamos sobre tecnologias que fazem uso de radiofrequência, precisamos referenciar o órgão que estuda e desenvolve especificações técnicas para que se possa fazer uso do espectro de frequência de maneira controlada e adequada em todos os países do mundo.

International Telecommunication Union (ITU)

Responsável por facilitar a comunicação global através das redes de telecomunicações, a ITU é uma agência ligada à ONU. Atualmente, fazem parte do ITU 193 países e mais de 900 membros. Se você está acessando a internet para ler este artigo, usando seu celular para fazer uma chamada telefônica ou enviando um e-mail, está se beneficiando do trabalho desenvolvido pela ITU.

Seguindo sua tradição e compromisso em avançar a tecnologia de telecomunicações para que possamos ter uma economia digital mais forte e abrangente, a ITU definiu certos padrões os quais a tecnologia 5G precisa alcançar ao longo de sua vida útil.

IMT-Advanced Spider Chart
Fonte: https://www.etsi.org/technologies/5g

O gráfico de radar acima, faz uma comparação entre as especificações do 4G e do 5G. Os destaques vão para a latência de 1ms e bandas de até 20Gbits/s. Como destaquei anteriormente, cada aplicação vai fazer uso de certa parte dessa especificação. Para mantermos o exemplo, o usuário comum, eu e você, vamos nos beneficiar da banda de 20Gbits/s para continuarmos assistindo à nossos vídeos nas plataformas de streaming mais comuns. Aplicações de IoT, por outro lado, não necessitam de uma banda de 20Gbits/s, porém requerem a latência de 1ms.

Para exemplificar melhor, o próximo gráfico de radar indica qual tipo de aplicação cada objetivo na especificação busca atender.

IMT-Spider Chart
Fonte: https://www.etsi.org/technologies/5g

Um grande benefício do 5G é a possibilidade do fatiamento de rede (network slicing). A rede 5G pode ser subdividida em níveis de rede virtual. Um nível de rede é usado apenas para direção automatizada, outro para sensores, mais outro apenas para uso comum e assim por diante.

A área azul corresponde aos usos comuns, principalmente por smartphones, a parte rosa destaca o uso de comunicação massiva entre máquinas, enquanto que a parte amarela destaca os parâmetros para os tipos de conexão que necessitam de grande confiança e latência extremamente baixa.

Aplicações

Aplicações do 5G
Fonte: https://www.etsi.org/technologies/5g

As aplicações para o 5G são várias e temo não ter imaginação suficiente para citar todas aqui, porém vou me ater às mais importantes, conforme vemos na figura.

Carro Autônomo

Apenas alguns anos atrás, carros autônomos não eram mais que um sonho. Hoje, os primeiros veículos parcialmente autônomos com vários sistemas de assistência já podem ser vistos em alguns países.

Com latências tão baixas como 1ms, a conexão do carro pode ser até 300x mais rápida que nosso piscar de olhos. Some-se à isso a velocidade de tomada de decisão de uma inteligência artificial e voilà, o carro autônomo deixa de ser um sonho e torna-se uma realidade.

Permitindo uma conexão ainda mais rápida entre os sistemas de transporte, a rede 5G oferecerá novas opções de aplicativos que avançam no desenvolvimento de carros autônomos. Além de poderem tomar decisões autônomas no futuro, eles também se comunicarão e cooperarão entre si.

Grandes empresas já estão investindo pesado em pesquisas sobre esse tipo de veículo. Não só as empresas de tecnologia, mas principalmente as montadoras têm grande interesse no 5G, não obstante a indústria automotiva possui participação ativa na especificação do 5G junto ao 3GPP.

Porfolio da Empresa Waymo de Carros Autônomos
Fonte: https://blog.waymo.com/2020/05/t-rowe-price-perry-creek-capital.html

Com a palavra, Dmitri Dolgov, CTO da Waymo.

O 5G vai ser um "acelerador e facilitador" do carro autônomo.

A característica de fatiamento de rede garante que as notificações relevantes para a segurança de carros autônomos não acabem em um congestionamento na estrada de dados e que terão prioridade sobre outros serviços de uso comum usados ​​em paralelo. Outro benefício é o processamento e armazenamento de dados em datacenters próximos às rotas de transporte. Esses data centers "avançados" garantem que os dados possam ser processados ​​ainda mais rapidamente na rede.

Segurança Pública

Dois bombeiros combatendo o fogo
Fonte: Pixabay @Pexels

Investir em comunicações de segurança pública é um ato de equilíbrio. As unidades de segurança pública precisam se equipar não apenas para lidar com emergências, mas principalmente para evitá-las.

Com a ajuda de sensores, câmeras, drones e a velocidade e baixa latência do 5G, podemos criar um ambiente no qual informações críticas podem ser acionadas por equipes e departamentos coordenados. Uma câmera na viatura policial poderia enviar imagens para o centro de controle em tempo real, permitindo que controladores avaliem a necessidade de reforço policial.

A capacidade de implantar mais câmeras em espaços mais apertados - e concentrar-se em informações vitais em tempo quase real - tem o potencial de alterar significativamente o aparato de segurança pública, desde encontrar crianças perdidas até impedir os infratores da lei.

Câmeras de Segurança
Fonte: Thomas Windisch @Pexels

Recentemente o Rio de Janeiro implementou câmeras de segurança pela cidade que ajudaram a capturar foragidos da lei, o 5G permitirá que estas câmeras sejam melhor posicionadas pois não necessitarão conexão física de dados. A utilização de realidade aumentada para treinamentos de policiais, socorristas e bombeiros permite simular situações de emergência permitindo uma resposta mais adequada destes profissionais.

Saúde

O componente ultra-confiável de comunicações de baixa latência do 5G poderia mudar fundamentalmente os cuidados com a saúde. Com a latência reduzida e a banda larga móvel aprimorada, um mundo de novas possibilidades se abre. Podemos ver melhorias na telemedicina, recuperação remota e fisioterapia via realidade aumentada, cirurgia de precisão e até mesmo a cirurgia remota nos próximos anos.

Com a ajuda do 5G uma ambulância poderia fornecer diagnósticos para uma equipe de médicos à espera na unidade hospitalar antes mesmo que o paciente chegue ao hospital, permitindo um atendimento mais adequado e preciso.

Câmeras de Segurança
Fonte: bongkarn thanyakij @Pexels

Trazendo a discussão para o atual momento, a telemedicina poderia ajudar na triagem de pacientes com suspeita de coronavírus, diminuindo o estresse nos hospitais. Esqueça o coronavírus por enquanto, o 5G pode ajudar na triagem e consulta rotineiras de forma remota, sem a necessidade de deslocamento à consultórios, hospitais ou UPAs.

A utilização de tecnologia vestível, wearables, aliada ao 5G pode permitir avisos aos sistemas de emergência de saúde de forma ágil e imediata em casos de acidentes, infartos e até mesmo overdose.

A verdade sobre o 5G

A verdade é que esta é uma tecnologia que traz progresso à sociedade humana, como toda tecnologia desenvolvida, o 5G visa melhorar nossas vidas e avançar o mundo melhorando nosso conforto, nossa comunicação e diminuindo barreiras que só podem ser rompidas com o uso de tecnologia.

O 5G talvez ainda demore 2 anos para chegar com força ao Brasil, mas é uma tecnologia que tem muito potencial para mudar tudo aquilo que conhecemos. Mudanças chegam cada vez mais rápidas às nossas vidas e precisamos de tempo para explicá-las. Precisamos voltar com a pauta ciência.

Como diria Carl Sagan, a ciência é como uma vela na escuridão. Uma vela já não basta mais, precisamos avançar a frase para que a ciência se torne uma luz cada vez mais forte, iluminando a escuridão da ignorância e do achismo.